Aos leitores!

SEJA UM PATROCINADOR DO SITE MANUFOTOS PHOTOGRAPHER: ACEITAMOS DONATIVOS EM QUALQUER VALOR OU QUALQUER UM DESTES AO LADO R$ 0,10 - 0,50 - 1,00 - 10,00 - 100,00 - U$$,

quarta-feira, 8 de abril de 2009

Tempo de meditação - Genesis cap 19,20

Gênesis 19:1-38
1 Ora, os dois anjos chegaram a Sodoma ao anoitecer, e Ló estava sentado no portão de Sodoma. Avistando-os Ló, levantou-se para ir ao seu encontro e curvou-se com o rosto por terra. 2 E passou a dizer: “Ora, por favor, meus senhores, desviai-vos, por favor, para a casa do vosso servo e pernoitai ali, e lavem-se os vossos pés. Então tereis de levantar-vos cedo e seguir o vosso caminho.” A isto disseram: “Não, mas pernoitaremos na praça pública.” 3 Mas instava com eles, de modo que se desviaram para ele e entraram na sua casa. Preparou-lhes então um banquete e cozeu pães não fermentados, e eles passaram a comer.
4 Antes de se poderem deitar, os homens da cidade, os homens de Sodoma, cercaram a casa, desde o rapaz até o velho, todo o povo numa só turba. 5 E chamavam a Ló e diziam-lhe: “Onde estão os homens que foram ter contigo hoje à noite? Traze-os para fora a nós, para que tenhamos relações com eles.”
6 Por fim, Ló saiu a eles à entrada, mas fechou a porta atrás de si. 7 Disse então: “Por favor, meus irmãos, não procedais mal. 8 Por favor, eis que tenho duas filhas que nunca tiveram relações com um homem. Por favor, deixai-me trazê-las para fora a vós. Fazei então com elas o que parecer bem aos vossos olhos. Somente não façais nada a esses homens, porque foi por isso que vieram sob a sombra do meu teto.” 9 A isso disseram: “Sai daí!” E acrescentaram: “Este homem solitário veio para cá residir como forasteiro e ainda assim quer fazer-se realmente de juiz. Agora vamos fazer a ti pior do que a eles.” E arremessaram-se fortemente contra o homem, contra Ló, e chegaram-se para arrombar a porta. 10 De modo que os homens estenderam as suas mãos e puxaram Ló para dentro da casa, e fecharam a porta. 11 Mas feriram de cegueira os homens que estavam à entrada da casa, do menor ao maior, de modo que se afadigaram tentando achar a entrada.
12 Os homens disseram então a Ló: “Tens mais alguém aqui? Genro, e teus filhos, e tuas filhas, e todos os que são teus na cidade, leva-os para fora do lugar! 13 Pois vamos arruinar este lugar, porque o clamor contra eles tornou-se alto perante Jeová, de modo que Jeová nos enviou para arruinar a cidade.” 14 Ló saiu, por isso, e começou a falar com os seus genros, que haviam de tomar suas filhas, e dizia-lhes: “Levantai-vos! Saí deste lugar, porque Jeová vai arruinar a cidade!” Mas ele parecia aos olhos de seus genros como quem estava brincando.
15 No entanto, ao subir a alva, os anjos ficaram insistentes com Ló, dizendo: “Levanta-te! Toma tua esposa e as duas filhas tuas que se acham aqui, para que não sejas arrasado no erro da cidade!” 16 Demorando-se ele ainda, então, na compaixão de Jeová para com ele, os homens agarraram-lhe a mão, e a mão de sua esposa, e as mãos de suas duas filhas, e passaram a levá-lo para fora e a deixá-lo fora da cidade. 17 E sucedeu que, assim que os tinham levado para fora, aos arrabaldes, começou a dizer: “Escapa-te, por tua alma! Não olhes para trás e não pares em todo o Distrito! Escapa para a região montanhosa, para que não sejas arrasado!”
18 Ló disse-lhes então: “Não isso, por favor, Jeová! 19 Ora, por favor, teu servo achou favor aos teus olhos, de modo que estás magnificando a tua benevolência de que usas para comigo, para preservar viva a minha alma, mas eu — eu não posso escapar para a região montanhosa, para que não se apegue a mim a calamidade e eu certamente morra. 20 Ora, por favor, esta cidade está perto para se fugir para lá, e é uma coisa pequena. Por favor, posso escapar-me para lá — não é uma coisa pequena? — e minha alma viverá.” 21 Ele lhe disse então: “Eis que também neste ponto tenho deveras consideração para contigo, não subvertendo a cidade de que falaste. 22 Apressa-te! Escapa para lá, porque não posso fazer coisa alguma até chegares lá!” É por isso que chamou a cidade pelo nome de Zoar.
23 O sol já tinha saído sobre a terra quando Ló chegou a Zoar. 24 Jeová fez então chover enxofre e fogo sobre Sodoma e sobre Gomorra, da parte de Jeová, desde os céus. 25 Assim foi subverter essas cidades, sim, o Distrito inteiro, e todos os habitantes das cidades e as plantas do solo. 26 E a esposa dele começou a olhar em volta, por detrás dele, e ela se tornou uma coluna de sal.
27 Ora, Abraão se encaminhou de manhã cedo para o lugar onde tinha estado em pé diante de Jeová. 28 Olhou então para baixo, para Sodoma e Gomorra, e para todo o país do Distrito, e viu um espetáculo. Ora, eis que subia fumaça grossa da terra, como a fumaça grossa dum forno de calcinação! 29 E aconteceu que, quando Deus arruinou as cidades do Distrito, Deus lembrou-se de Abraão, tomando medidas para mandar Ló para fora da demolição quando subverteu as cidades entre as quais Ló havia morado.
30 Mais tarde, Ló subiu de Zoar e começou a morar na região montanhosa, e com ele suas duas filhas, porque ficou com medo de morar em Zoar. Começou assim a morar numa caverna, ele e suas duas filhas. 31 E a primogênita passou a dizer à mais jovem: “Nosso pai já é velho e não há homem no país para ter relações conosco segundo o costume de toda a terra. 32 Vem, demos de beber vinho a nosso pai e deitemo-nos com ele, e preservemos descendência a nosso pai.”
33 Durante aquela noite, pois, foram dar de beber vinho a seu pai; então entrou a primogênita e se deitou com o seu pai, mas ele não percebeu nem quando ela se deitou nem quando se levantou. 34 E no dia seguinte sucedeu que a primogênita disse à mais jovem: “Eis que na noite passada me deitei com o meu pai. Demos-lhe de beber vinho também hoje à noite. Depois entra, deita-te com ele, e preservemos descendência a nosso pai.” 35 Assim, também durante aquela noite deram de beber repetidamente vinho a seu pai; a mais jovem levantou-se então e deitou-se com ele, mas ele não percebeu nem quando ela se deitou nem quando se levantou. 36 E ambas as filhas de Ló ficaram grávidas de seu pai. 37 A seu tempo, a primogênita tornou-se mãe dum filho e chamou-o pelo nome de Moabe. Ele é o pai de Moabe, até o dia de hoje. 38 Quanto à mais jovem, também ela deu à luz um filho e chamou-o então pelo nome de Ben-Ami. Ele é o pai dos filhos de Amom, até o dia de hoje.
Tradução do Novo Mundo das Escrituras Sagradas


Página inicial | Crenças | Futuro | Medicina | Assuntos | Contate-nos | Publicações | Idiomas | Índice



Copyright © 2006 Watch Tower Bible and Tract Society of Pennsylvania. All rights reserved.




Gênesis 20:1-18
1 Abraão mudou então o acampamento dali para a terra do Negebe e passou a morar entre Cades e Sur, e foi residir como forasteiro em Gerar. 2 E Abraão repetiu com respeito a Sara, sua esposa: “Ela é minha irmã.” Em vista disso, Abimeleque, rei de Gerar, mandou tomar Sara. 3 Posteriormente, Deus veio a Abimeleque num sonho, durante a noite, e disse-lhe: “Eis que a bem dizer já estás morto, por causa da mulher que tomaste, visto que ela pertence a outro dono como sua esposa.” 4 No entanto, Abimeleque não se havia chegado a ela. Disse, portanto: “Jeová, matarás uma nação que é realmente justa? 5 Não me disse ele: ‘Ela é minha irmã’? e ela — não me disse também: ‘Ele é meu irmão’? Fiz isso na honestidade do meu coração e com a inocência das minhas mãos.” 6 O [verdadeiro] Deus disse-lhe então no sonho: “Eu também sabia que fizeste isso na honestidade do teu coração, e também te refreei de pecar contra mim. É por isso que não te permiti tocar nela. 7 Mas agora, restitui a esposa do homem, pois ele é profeta e fará intercessão por ti. Portanto, continua vivendo. Mas, se não a restituíres, sabe que positivamente morrerás, tu e todos os teus.”
8 Abimeleque levantou-se, pois, de manhã cedo e passou a chamar todos os seus servos e a falar de todas estas coisas aos seus ouvidos. E os homens ficaram com muito medo. 9 Abimeleque chamou então a Abraão e disse-lhe: “Que nos fizeste e que pecado cometi contra ti, de trazeres um grande pecado sobre mim e meu reino? Fizeste para comigo atos que não se deviam fazer.” 10 Abimeleque prosseguiu, dizendo a Abraão: “Que visaste, fazendo esta coisa?” 11 Abraão disse então: “Foi porque eu disse a mim mesmo: ‘Sem dúvida, não há temor de Deus neste lugar, e certamente me matarão por causa da minha esposa.’ 12 E, além disso, ela é realmente minha irmã, filha de meu pai, apenas não é filha de minha mãe; e ela se tornou minha esposa. 13 E sucedeu que, quando Deus me fez [sair] da casa de meu pai [para] andar vagueando, então eu disse a ela: ‘Esta é a tua benevolência de que podes usar para comigo: Em todo lugar a que chegarmos, dize a meu respeito: “Ele é meu irmão.”’”
14 A seguir, Abimeleque tomou ovelhas e gado vacum, e servos, e servas, e deu-os a Abraão e restituiu-lhe Sara, sua esposa. 15 Ademais, Abimeleque disse: “Eis que a minha terra está à tua disposição. Mora onde parecer bem aos teus olhos.” 16 E a Sara ele disse: “Eis que deveras dou mil [peças] de prata ao teu irmão. Eis que é para ti uma venda para os olhos de todos os que estão contigo, e perante todos, e estás livre de vitupério.” 17 E Abraão começou a fazer intercessão ao [verdadeiro] Deus; e Deus passou a curar Abimeleque e sua esposa, e suas escravas, e elas começaram a dar à luz filhos. 18 Pois Jeová cerrara totalmente cada madre na casa de Abimeleque, por causa de Sara, esposa de Abraão.
Tradução do Novo Mundo das Escrituras Sagradas


Página inicial | Crenças | Futuro | Medicina | Assuntos | Contate-nos | Publicações | Idiomas | Índice



Copyright © 2006 Watch Tower Bible and Tract Society of Pennsylvania. All rights reserved.

Nenhum comentário:

Ocorreu um erro neste gadget
 
User-agent: Mediapartners-Google* Disallow: