Aos leitores!

SEJA UM PATROCINADOR DO SITE MANUFOTOS PHOTOGRAPHER: ACEITAMOS DONATIVOS EM QUALQUER VALOR OU QUALQUER UM DESTES AO LADO R$ 0,10 - 0,50 - 1,00 - 10,00 - 100,00 - U$$,

segunda-feira, 13 de abril de 2009

Tempo de meditação - Genesis cap 23,24

Gênesis 23:1-20

1 E a vida de Sara veio a ser de cento e vinte e sete anos. Estes foram os anos de vida de Sara. 2 Sara morreu então em Quiriate-Arba, quer dizer, em Hébron, na terra de Canaã, e Abraão entrou para lamentar Sara e para chorar por ela. 3Abraão levantou-se então de diante da sua morta e passou a falar aos filhos de Hete, dizendo: 4 “Residente forasteiro e colono sou entre vós. Dai-me a propriedade duma sepultura entre vós, para que eu enterre a minha morta fora da minha vista.” 5 A isso responderam os filhos de Hete, dizendo-lhe: 6 “Ouve-nos, meu senhor. Um maioral de Deus és tu no meio de nós. Enterra a tua morta na mais seleta das nossas sepulturas. Nenhum de nós te vedará a sua sepultura, para impedir que enterres a tua morta.”

7 Em vista disso, Abraão levantou-se e curvou-se diante dos nativos, os filhos de Hete, 8 e falou com eles, dizendo: “Se as vossas almas concordarem em enterrar a minha morta fora da minha vista, escutai-me e instai por mim com Efrom, filho de Zoar, 9 para que me dê a caverna de Macpela, que é dele, a qual se acha na extremidade do seu campo. Dê-ma pelo pleno montante de prata no meio de vós, como propriedade duma sepultura.”

10 Acontecia que Efrom estava sentado entre os filhos de Hete. De modo que Efrom, o hitita, respondeu a Abraão aos ouvidos dos filhos de Hete, com todos os que entravam pelo portão de sua cidade, dizendo: 11 “Não, meu senhor! Escuta-me. Eu deveras te dou o campo, e deveras te dou a caverna que está nele. Perante os olhos dos filhos do meu povo o dou a ti. Enterra a tua morta.” 12Abraão curvou-se então diante dos nativos 13 e falou a Efrom, aos ouvidos dos nativos, dizendo: “Tão-somente se tu — não, escuta-me! Hei de dar-te o montante de prata pelo campo. Toma-o de mim, para que eu enterre ali a minha morta.”

14 Efrom respondeu então a Abraão, dizendo-lhe: 15 “Meu senhor, escuta-me. Um terreno que vale quatrocentos siclos de prata, que é isso entre mim e ti? Portanto, enterra a tua morta.” 16 Concordemente, Abraão escutou Efrom, e Abraão pesou para Efrom o montante de prata de que falara aos ouvidos dos filhos de Hete, quatrocentos siclos de prata, [moeda] corrente entre os mercadores. 17 Deste modo, o campo de Efrom, que havia em Macpela, que está defronte de Manre, o campo e a caverna que havia nele, e todas as árvores que havia no campo, que estavam dentro de todos os seus termos ao redor, foram confirmados 18 a Abraão como sua compra diante dos olhos dos filhos de Hete, entre todos os que entravam pelo portão de sua cidade. 19 E depois disso, Abraão enterrou Sara, sua esposa, na caverna do campo de Macpela, defronte de Manre, quer dizer, Hébron, na terra de Canaã. 20 Assim foram confirmados a Abraão o campo e a caverna nele, como propriedade duma sepultura, pelas mãos dos filhos de Hete.

Tradução do Novo Mundo das Escrituras Sagradas

InícioCapítulo anteriorPróximo capítulo

Nenhum comentário:

Ocorreu um erro neste gadget
 
User-agent: Mediapartners-Google* Disallow: